Oficina de Monitoramento de Programas Sociais

A Assessoria de Evidências do MEC (AEVI) ofereceu nos dias 5, 6 e 7 de dezembro de 2018, das 8h às 13h, uma oficina mão na massa sobre programas educacionais na perspectiva da teoria da mudança, voltada para servidores e colaboradores que atuam no monitoramento de políticas educacionais do MEC. Durante três dias, 30 participantes fizeram atividades focadas na construção de habilidades para elaboração de indicadores e desenvolvimento de sistemas de monitoramento, de acordo com a metodologia elaborada pela AEVI.

No primeiro dia de oficina, os participantes foram divididos em grupos, para a discussão sobre os programas do MEC e a construção de modelos lógicos, um instrumento de avaliação de políticas públicas que expõe de modo simples e visual o desenho de um programa e os resultados e impactos esperados. As atividades da oficina envolveram temas como a delimitação de problema, o uso de evidências, a definição da intervenção e a construção dos modelos lógicos. No segundo e terceiro dias, a oficina foi conduzida por Samuel Franco, consultor do INSPER e Instituto Unibanco, parceiros da Rede de Evidências da AEVI. Franco apresentou conceitos e estratégias de monitoramento de políticas públicas e conduziu atividades que incluem construção de indicadores e desenho e operacionalização de sistemas de monitoramento.

Materiais para Download: